segunda-feira, 7 de março de 2016

My love for Van Gogh


Olá!
Não sei se já sabem, mas este ano vai sair o primeiro filme alguma vez feito a partir de pintura e vai ser sobre *tam tam tam tam* o Van Gogh. Yaaayy!
O pintor holandês é, sem dúvida e já desde há muito tempo, um dos meus artistas favoritos e tudo o que façam sobre ele faz-me feliz, por isso fiquei super entusiasmada quando soube deste filme.

Hi!
I don't know if you know this, but this year we will be able to see the first fully painted film in the world and it is going to be about *tam tam tam tam* Van Gogh! Yaaayy!
The dutch painter is, without a doubt and for a very long time now, one of my favourite artists and everything that is done about him makes me happy, so I was super excited when I found out about this movie.

image from plus.google.com
Pensei em agarrar esta oportunidade e falar sobre um dos mais famosos pintores do mundo. Penso que posso dizer que o trabalho de Van Gogh é marcado pela sua história de vida, não só a nível das emoções mas também em relação ao que ele vive, sendo que transporta isso para as suas pinturas e podemos vê-lo perfeitamente.
Ficou conhecido pelo Impressionismo, mas antes de se focar apenas nesse estilo experimentou muitos outros, de modo a perceber qual o que se adequava mais a si. As suas pinturas a óleo são marcadas por cores vibrantes.
//
I thought I would grab this opportunity and talk about one of the most famous painters in the world.
I think I can say that Van Gogh's work is pretty marked by his life not only at the emotion level but also at the level of what he experiences and that is what he transports to his paintings and we can see it very clearly.
He is known for being an Impressionist but before we focused only in that style he tried many others in order to find out which was suitable to him. His oil paintings are marked with vibrant colours.

Auto-retrato (pormenor// Self portrait (detail), 1887.

Van Gogh nasceu em 1853 no seio de uma família muito religiosa, motivo que desde cedo lhe deu um trabalho, sendo que em 1878, após ter sido destituído do seu trabalho como comerciante de art, vai para a Bélgica como missionário. Apesar de o trabalho ter durado apenas um ano foi algo importante na sua vida, pois foi quando começou a retratar as pessoas da vila e é isso que o faz aperceber-se que quer ser um artista e não um missionário.

Foi autodidata e o tema pelo qual começou foi, tal como disse, o de representar o povo, especialmente aquando no local de trabalho, tendo como influência o trabalho de Millet, um pintor que admirava bastante. Penso que este é um aspecto importante, pois há muita gente que só conhece os seus auto-retratos como exemplo das suas pinturas de gente.
//
He was born in 1853 in the middle of a very religious family and that soon would become his job, since in 1878, after being destituted of his art commercial job, he goes to Belgium as a missionaire. Although that work only lasted for a year it was very important in Vincent's life, since he started to portrait the people of the village he was in and that makes him realize that he wants to be an artist and not a religious preacher.

He was an autodidact and the first theme of his painting was the people, specially in the working place and that has an influence by the work of Millet, a painter that he admire a lot. I think that that is importante and interesting to know because a lot of people only knows his auto portraits as examples of paintings with people in it.

Camponeses comendo batatas // The Potato Eaters, 1885.

Em 1886 vai para Paris para poder aprender mais sobre arte. Fica em casa do seu irmão Theo, sendo que este foi sempre o seu maior suporte, pagando tudo o que Vincent necessitava, desde comida a materiais artísticos.
É em Paris que começa a crescer o interesse de pintar as ruas e natureza das cidades, algo que vai representar também com a captura dos hábitos da população.
//
In 1886 he goes to Paris to learn more about art and he stays at his brother Theo's house. His brother was his biggest support since he payed for everything Vincent needed either it was food or art supplies.
It was in Paris that he started to show a new interest for painting the streets and the nature of the country and he showed it by painting the population's habits.

Em cima//Up: Vincent; Em baixo//Down: Theo.

Retrato de Père Tanguy // Père Tanguy portrait, 1887.

O Café Nocturno // The Night Cafe, 1888.

Foi em 1888 que se apaixonou por Arles onde morou na famosa casa amarela. Foi também onde a sua amizade com o também pintor Paul Gauguin se torna mais forte mas também trágica, sendo que culmina com o evento, que toda a gente conhece, de Van Gogh a cortar a orelha a si próprio. Para além disso, Van Gogh e Gaugui influenciaram-se mutuamente em grande escala, sendo que pintaram como nunca, tanto em qualidade como em quantidade e experimentaram novos temas.
//
It was in 1888 that he falls in love for Arles where he lives in the famous yellow house. It was also there where his friendship with Paul Gauguin became stronger and also awful and it ends up with the well known event of Vincent cutting out his ear. Besides that Van Gogh and Gauguin influenced each other in a great scale and painted like never before both in quality as in quantity and experimented new themes.

A Casa Amarela // The Yellow House, 1888.

Quarto de Vincent em Arles // Vincent's room in Arles, 1889.

Auto-retrato com orelha ligada e cachimbo // Self Portrait with  cut ear, 1889.


Nos seus últimos anos, Van Gogh esteve muito mal no que toca ao lado psicológico e por isso foi admitido num Hospital de modo a que pudesse ter alguém a tomar conta dele. Foi também por volta desta altura que conheceu o Dr. Gachet, alguém que vai retratar e que o ajuda muito (e penso que será uma das principais personagens no filme Loving Vincent).
No dia 27 de Julho de 1890, Van Gogh baleou-se a si  mesmo e acaba por falecer 2 dias depois. Esteve sempre acompanhado pelo seu irmão Theo.
//
In his latest years, Van Gogh was really bad in a psychological way so he was admited in a Hospital so we could be taken care off. That is also around that time that he meets Dr. Gachet, someone he portraits and that helps him a lot (and I think that Dr. Gachet will be an importante chacarter in Loving Vincent movie).
On 27 of July 1890 Van Gogh's shot himself and ends up by dying two days later. His brother Theo was with him.

Retrato de Dr. Gachet // Dr. Gachet's portrait, 1890.

A Igreja de Auvers (pormenor) // Auvers' Church (detail), 1890.

Não vos quero aborrecer como uma quantidade enorme de factos, por isso vou terminar ao dizer que me deixa muito, muito, muito triste por saber o quanto Van Gogh adorava pintar e o quanto ele pintava (houve meses em que ele pintou mais de 60 telas, o que é imenso) e que apenas vendeu um quadro enquanto era vivo. E agora olhem para ele: toda a gente gosta dele, as pinturas deles são vendidas por milhões e todos os dias há uma fila enorme para entrar no Museu Van Gogh em Amesterdão para ver e conhecer as suas obras e vida. Isso deixa-me triste e só espero que ele saiba o quanto é adorado nos dias de hoje.
//
I don't want to bore you with a lot of facts so I will end up by saying that it makes me so so so sad to know how much he loved painting and how much he did it (there were months that he painted 60 canvas which is a whole lot) but that he only sold one of his works while alive. And look at him now: everyone loves him, his paintings are sold by millions and everyday there is a huge queue in front of Vang Gogh's Museum in Amsterdam to see his work and his life. That's makes me kinda sad and I hope he knows how much he his loved right now.

Noite Estrelada // Starry Night, 1889.

Doze Girassóis Numa Jarra // Twelve Sunflowers in a Vase, 1888.

Campo de Trigo com Corvos // Corn Field with Crows, 1890.

Se querem ficar a saber mais sobre Van Gogh aconselho-vos a verem o filme Lust For Life (1956) e um episódio de Doctor Who chamado Vincent and The Doctor, que pode não ser 100% real mas é maravilhoso (Série 05, Episódio 10).
//
If you want to know more about Van Gogh I advise you to watch the movie Lust For Life (1956) and a Doctor Who Episode called Vincent and The Doctor that may not be 100% real but is amazing (Series 05, Episode 10).

E aqui fica o trailler para o filme Loving Vincent: // And here you have the trailler of Loving Vincent:


Já sabiam deste filme? Gostam das obras de Van Gogh ou têm preferência por outros artistas? // Did you know about this movie? Do you like Van Gogh's work or do you prefer other artists?



Lena ♥




© Helena Pereira, My love for Van Gogh, 2016 All Rights Reserved.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Thank you for passing by and commenting on my blog!
I answer when I see the comments.
xx